Dietas / Emagrecimento

Por que dietas não funcionam?

Se você está lendo este artigo é muito provável que você já se frustrou com alguma (ou muitas) dieta.

O fato é que hoje existem muitas dietas que prometem emagrecimento rápido. Dieta da Sopa, dieta Low carb, Dieta do Ovo e por aí vai. Muitas delas funcionam, é verdade.

Mas por que é tão difícil fazer dieta?

A razão a meu ver é muito simples: porque nenhuma dieta é sustentável em longo prazo!

Existem diversas dietas que te fazem perder peso muito rápido. Mas quando você volta para sua rotina alimentar habitual, o peso perdido volta e muitas vezes em dobro.

E por que isso acontece?

Porque o nosso corpo é extremamente inteligente! O nosso corpo é programado para não morrer de fome.

Quando ele percebe que o consumo de calorias foi cortado pela metade e quando você come, você come alface, por exemplo, o seu metabolismo vai ficar muito, mas muito lento.

Ele vai desacelerar propositalmente para armazenar o máximo de calorias possível, porque ele não sabe quando você vai voltar a ingerir mais calorias para ele gerar energia!

Então a minha dica é: esqueça a palavra dieta! Isso mesmo que você está lendo. Esqueça a palavra dieta, exclua essa palavra do seu vocabulário.

O segredo de tudo é reeducação alimentar. Mas a reeducação não é só em relação ao que você come, mas também em como você come.

Você é uma daquelas pessoas que tem fome emocional, que come quando está triste, nervoso, ansioso? Você é uma daquelas pessoas que come sempre correndo, com pressa, ou assistindo TV ou mexendo no celular?

Se você respondeu sim para alguma dessas perguntas, você precisa entender que não adianta mudar os seus hábitos alimentares e não mudar a sua mentalidade, suas emoções.

Isso porque você é um ser único! O seu DNA, sua altura, composição corporal, rotina, história e histórico emocional é diferente das outras pessoas. E isso conta muito no processo de emagrecimento.

Por isso que o faz bem para o outro pode ser o seu veneno. O estilo de alimentação que é adequado para você, pode não servir para o outro.

Então aceite que você precisa ter uma alimentação SUA, que faça sentido para VOCÊ, que funcione para o SEUcorpo.

Gente, só lembrando que estou falando aqui sobre emagrecimento. É claro que existem pessoas que precisam adotar uma dieta específica por conta de uma cirurgia, um transplante, ou condição de saúde diferenciada.

Mas aqui estamos falando exclusivamente de emagrecimento, ok?

Outra questão que deve ser levada em consideração é a aceitação.

Aceitar o seu corpo, as suas imperfeições e as suas diferenças. Até aquelas pessoas que consideramos perfeitas querem outras coisas.

Repare, quem tem perna fina, quer ter perna grossa. Quem é morena, quer ser loira. Quem tem cabelo cacheado, quer ter cabelo liso. Quem tem cabelo liso, quer ter cabelo cacheado.

Ninguém está satisfeito consigo mesmo, e é esse o problema.

Porque se você não se aceita, você pode perder 5, 10, 15, 20 quilos. Você vai ter o corpo dos seus sonhos, mas sempre haverá um vazio dentro de você. E esse vazio é o seu espírito falando com você que o seu corpo é apenas um veiculo.

Você não é SÓ o seu corpo. Você é um espírito vivendo uma experiência humana. O seu corpo é o seu veiculo, a sua casa.

O seu corpo te acompanha do dia que você nasce até o dia que você morrer, então ele merece respeito e amor.

E esse respeito e amor começam com a aceitação! Então se olhe no espelho e aceite quem você é. Aceite as “imperfeições” do seu corpo.

Toda mulher tem celulite, estria, gordura localizada, por mais magérrima que ela seja.

E deixa eu te contar uma coisa: isso é absolutamente normal! Então não queira ser outra pessoa, não queira fazer a dieta da outra pessoa.

Portanto aceite o seu corpo! Esta aceitação vai fazer com que a melhor estética seja uma conseqüência.

Você precisa ter em mente que o emagrecimento sustentável não é só alimentação.

Você é um ser integrado, então se lembre que neste processo você tem a alimentação, atividade física, hidratação, sono, hormônios, hábitos, relacionamentos, carreira, emocional, espiritual…

Você não é só uma partezinha, você é um ser completo.

Todo mundo sabe que um prato de brócolis é mais saudável que uma porção de batata frita.

Mas o que faz você escolher a porção de batata frita ao invés do prato de brócolis? Esse desequilíbrio deve ser trabalhado na causa e muitas vezes ele é emocional.

Então na hora de trabalhar o físico, não esquece que o físico, o emocional e o espiritual estão conectados.

Alem disso é importantíssimo você ter um motivo. Por que você quer emagrecer? Se você quer emagrecer só para ser magra, esse motivo é muito raso.

O seu por que não pode ser superficial.

O corpo perfeito é uma ilusão. Ninguém tem o corpo perfeito. E enquanto você continuar buscando algo ilusório você nunca vai se sentir satisfeito.

Então pense e reflita sobre o seu por que, o motivo pelo qual você quer emagrecer.

É porque você quer ser mais saudável, porque você quer ter mais vitalidade, porque você quer ter mais amor próprio e cuidar melhor do seu corpo?

Tenha um porque profundo, e o mais importante, tenha um porque que seja SEU!

Que seja pra você e não para os outros!

Que não seja para a sociedade, ou porque os outros querem que você faça, ou porque você queira provar para alguém que você pode ficar magra.

Você esta aqui para evoluir a sua consciência e o seu espírito, e não somente o seu corpo.

Então pára, interioriza e pensa com você: qual é o meu por quê?

❤ Gostou deste artigo? Ele foi útil para você?

Deixa aqui sua mensagem contando pra gente o que você achou.   😁👍

Grande beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *